Honduras


Por Maria Júlia Molico (Lisboa/Portugal)

Que se pode dizer de um povo
que luta contra um regime autoritário?
Que sofre na pele o massacre infligido por militares
a mando de quem quer, à força, o poder?

- Que são mártires, que hoje caem onde amanhã
nascerão as mais belas e viçosas flores que virão
enfeitar a democracia de um país, país esse que
lhes pertence, por direito, pois por ele derramaram
e derramarão o seu sangue.
Os biltres, aqueles que quiseram apossar-se, à força,
do comando do país, esses que ardam no inferno
que eles próprios inventaram.
«Traidores, traidores!!!», assim lhes grita o povo
e, a eles, junto a minha voz clamando:
«Chega de injustiça!!!»
E grito bem alto para quem me quiser ouvir:
«Liberdade e Justiça para o povo das Honduras»

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada

Seguidores